14 junho 2019

Aurora Boreal - Sketches / Esboços

The following sketches, as mentioned in the previous post, aim to share all of my graphic contributions to José de Matos-Cruz's Aurora Boreal and The Infinite Beginning and also to illustrate my creative process.
I began the challenge in eraly 2012, a short time after I finished The Mutant Shadows, starting off with various preliminary images; at the time, Aurora's original suit hadn't been created yet. Being a storytelling driven artist, without much towards graphic tropes, I decided to draw Aurora in a story of my own creation but delivering the images scrambled, so that they'd better serve as inspiration, dissociated of any specific context.

Os esboços seguintes, como referi na publicação anterior, visam expor na integra os meus contributos gráficos para a série Aurora Boreal e O Princípio Infinito, de José de Matos-Cruz, e também para ilustrar o meu processo criativo.
Comecei o desafio em 2012, pouco tempo depois de terminar As Sombras Mutantes, começando com várias imagens preliminares; naquela altura, o fato original da Aurora ainda não tinha sido criado. Sendo mais movido por narrativas, sem ter grandes trejeitos artísticos, decidi desenhar Aurora numa história da minha criação mas entregando as imagens desordenadas, para melhor servirem como inspirações desassociadas de qualquer contexto específico.

The story was I came up with was: The Infante Portugal crossed into a pocket dimension outside space-time, where his deceased predecessor heroes now reside and, while there, he feels a glitch in the ether, sensing an incoming danger (image 1).
A história que inventei foi: O Infante Portugal atravessou para uma dimensão isolada fora do espaço-tempo, onde os seus falecidos antecessores heróicos agora residem e, enquanto lá, sentiu uma falha no éter, antevendo um perigo vindouro
(imagem 1).
 
Upon returning home, Infante faces a doomed reality: the planet destroyed by an asteroid (
image 2)!

Ao regressar a casa, o Infante enfrenta uma realidade condenada: o planeta fora destruído por um asteróide (
imagem 2)!

Stuck in limbo and powerless to prevent that fate, he reaches out to the dimension-hopping Aurora's conscience, with help from The Constable Lusitanian (image 3), giving up his power so that she can stop the threat before a catastrophe occurs.
Preso no limbo e incapaz de prevenir tal destino, com a ajuda do Condestável Lusitano contacta a consciência da viajante de dimensões Aurora (
imagem 3), cedendo-lhe os seus poderes para esta conseguir lidar com a ameaça antes da catástrofe ocorrer.

Hence, Aurora
then matures into a super-hero (image 4) and pulverizes the asteroid, saving the Earth (image 5).
Assim, Aurora amadurece, tornando-se numa super-heroína (
imagem 4) e pulveriza o asteróide, salvando a Terra (imagem 5). 




Now, void of essence but assured the world is in good hands, Infante Portugal and Constable Lusitanian join the other magical beings in sailing throughout the netherworld, under the watchful eye of Aurora Boreal (image 6).
Então, vazio de essência mas confiante do mundo estar em boas mãos, O Infante Portugal e o Condestável Lusitano juntam-se aos demais seres mágicos seus amigos, navegando pelo cosmos sob o olhar omnisciente da Aurora Boreal (imagem 6).

 
These plot treads weren't followed in the series, just like the prophesied asteroid didn't hit us in 2012. Now you know why...

Estes tópicos narrativos não foram seguidos na série, assim como nós não fomos atingidos por um asteróide em 2012. Agora ficam a saber porquê...

Sem comentários:

Enviar um comentário

comentários!?