23 outubro 2010

Infante Portugal sketches II

Continuando com os esboços para “Infante Portugal e a Íntima Capitulação”, de José de Matos-Cruz, mostro os estudos da actualização do herói, inicialmente concebido pelo (veterano) autor José Garcês. A versão anterior era mais humorada, o que acompanhava o teor parodiante da obra, mas preferi fazer algo diferente, mais sofisticado e evocativo.


Fiz cinco protecções – nas ombreiras, pulsos e fivela – como ref.ª às quinas do brasão na bandeira, e além dos habituais verde e vermelho, tentei que no tronco/coxas o fato evocasse as túnicas dos cavaleiros medievais. Para símbolo, recorri à Lis, que substitui o brasão no peito. Enfim, uma concepção foi mais orientada para o “Portugal” do que para “Infante.”



Seguem-se alguns ensaios de composições para a ilustração na capa de capítulo…



Continuing with the sketches for “Infante Portugal e a Íntima Capitulação”, by José de Matos-Cruz, today I showcase the studies for the hero’s revamp, who was initicially created by (veteran) artist José Garcês. The previous versions were a lot more humorous, which is keeping with the work’s parody tone, but I went for something more sofisticate and evocative.
(sketch Infante #1)

I used several references to the shield in the flag and, along with the traditional red & green, tried to have the torso/hips mirror the vests of medieval knights. As for symbol, I replaced the shield in his chest with a “Lis”, the portuguese cross seen in the sails of the Discovery era caravells.
(sketch Infante #1+#2)

Next, a few trial compositions for the illustration in the chapter cover…
(sketches Infante Portugal)

2 comentários:

  1. Excelente! Continue o bom trabalho! Gostei muito!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Caty. Em breve farei a 3ª investida no universo do 'Infante, com uma técnica algo diferente; espero que resulte bem também ;)

      Eliminar

comentários!?