03 abril 2020

Jorge Machado Dias: Farewell / Até Sempre

É com grande pesar que soube ontem do falecimento do Jorge Machado Dias (1953-2020). Pouco mais de um ano volvido da partida de Geraldes Lino, a comunidade da banda desenhada perde agora o seu outro incansável divulgador... Para além de editor e escritor de BD, e designer gráfico na sua editora Pedranocharco, iniciada em 1995, o Jorge foi também director do BDjornal ao longo das trinta publicações (2005-2013), um ambicioso e seminal projecto editorial, dezenas de vezes premiado pelo público leitor e profissionais da área, em consagrações como o Troféus Central Comics e outros.



Entre os seus inúmeros contributos para o sector, saliento a “descoberta” e aposta em autores como José Carlos Fernandes, Filipe Andrade e Filipe Pina, Hugo Teixeira e outros, incluindo os autores do antigo Fantasia Estúdio; nomeadamente, Eliseu Gouveia, de quem publicou o álbum de debuto Medusa31: Nec Pluribus Impar (1996), e Pedro Potier e eu, a quem dedicou um suplemento no BD-in-Fólio #1 (1998). Esta foi a minha primeira publicação com projecção na comunidade portuguesa (após a estreia nos fanzines BDzona e Boletim CPBD #89, em 1996), reproduzindo “A Malta: O Início,” criada e colorida pelo Pedro e desenhada e arte-finalizada por mim, que alimentou o meu sonho de poder, um dia, ser um autor de BD profissional.
Estes contactos originaram no apoio oferecido ao Fantasia Estúdio para publicar através da Pedranocharco a nossa antologia BDzona, um convite surgido no ano de estreia (simultânea) da editora e do grupo de autores, donde nos fica esta memória: uma proposta de capa feita pelo próprio Jorge.

Após estes primeiros contactos, mantive uma relação amigável com o Jorge ao longo dos anos, mais frequente aquando das diversas colaborações no BDjornal, principalmente como repórter das estatísticas anuais do mercado de BD e como escritor doutros artigos de desenvolvimento, mas também como ilustrador e autor de BD.
Há uns anos, o Jorge descobriu este (embaraçoso) desenho rápido que fiz dele num encontro – em sua honra, partilho-o aqui.

It is with great regret that I learned yesterday of the passing of Jorge Machado Dias (1953-2020). Just over a year after Geraldes Lino's departure, the portugueses comics community now loses its other tireless promoter... In addition to being a comics editor and writer, plus graphic designer at his publisher Pedranocharco, which began in 1995, Jorge was also director of BDjornal/Comics Newspaper throughout its thirty publications (2005-2013), an ambitious and seminal editorial project was a dozens of times awarded by the public and professionals in the field, in distintions like Central Comics Trophies and others.
Among his numerous contributions to the field, I highlight the “discovery” and bet on authors such as José Carlos Fernandes, Filipe Andrade and Filipe Pina, Hugo Teixeira and others, including the authors of Fantasia Estúdio; namely, Eliseu Gouveia, from whom he published the debut album Medusa31: Nec Pluribus Impar (1996), plus Pedro Potier and me, to whom he dedicated a supplement in BD-in-Folio #1 (1998). This was my first publication with projection in the Portuguese community (after debuting in the fanzines BDzona and Boletim CPBD #89, in 1996), reproducing “A Malta: O Início/The Gang: Beguining” created and colored by Pedro and penciled & inked by me, which fueled my dream of being able to, one day, be a professional comics author.
These contacts originated in his support of Fantasia Estúdio, offering to publish our anthology BDzona through his publisher, an invitation that appeared in the (simultaneous) debut year of Pedranocharco and our group of authors, from which we have this memory: a cover proposal made by Jorge himself.

After these first contacts, I maintained a friendly relationship with Jorge over the years, more frequent during the various collaborations at BDjornal, mainly as reporter for the annual comics market statistics and as a writer for other articles, but also as an illustrator and comics author.
A few years ago, Jorge found this (embarrassing) quick drawing that I made of him on a gathering – in his honor, I share it here.

Sem comentários:

Publicar um comentário

comentários!?