23 setembro 2016

The Flash: Panel WiP / Vinheta em Progresso

On a slow news week, I'm taking this DC Comics' Flash vignette's WiP to fill up space, not that anyone has actually asked about my work process (more recently, anyway...)
Working from the basic layout that maped out the page, I often workout a particular scene on the side, to figure the details and try to get the most out of it; here, I sketched the panel and doodled the figure separately, so as to better compose it later, on the lightbox.

Numa semana sem notícias, preencho o vazio com o processo de trabalho deste paínel com Flash da DC Comics, não que me tenham perguntado sobre o meu método (pelo menos, mais recentemente...) 
Trabalhando com base no layout que definiu a página, frequentemente desenvolvo uma cena particular à parte, para decidir os detalhes e tentar tirar o máximo dela; aqui, esbocei a vinheta e rabisquei a figura em separado, para depois melhor a compôr, em mesa-de-luz.


I wanted to tilt the angle, to convey that The Flash was running on the walls rather than using the stairs, so I needed to make sure the perspective was right – it took different grid planes and various vanishing points. Don't forget your geometry, kids!
Quis tombar o ângulo, para mostrar que o Flash está a correr nas paredes em vez de usar as escadas, sendo importante acertar na perspectiva – o que precisou de vários planos com grelhas e pontos de fuga. Não descartem a geometria, míudos!


With everything in place, it's time to “make the magic happen.” The Flash was re-sketch on the page and further fleshed out with a 2mm magenta graphite on a mechanical pencil, to keep the “gesture” as much as possible, while the background I just drew directly from a lightbox.
Com tudo no sítio, é hora de “fazer a magia acontecer.” O Flash foi re-esboçado na prancha e melhor definido com mina de 2mm magenta em lapiseira, para manter o “gesto” tanto quanto possível, enquanto que o fundo fi-lo directamente na mesa-de-luz.


It may look like too much work for such a passing scene, but it's preferable to drawing something wonky. A professional once told me that “the most sucesseful works are the ones that cast a full illusion,” which is way it's importante to care for even the small details, that will make a big difference in the end result.
Pode parecer demasiado trabalho para uma cena passageira, mas é preferível a desenhar algo torto. Um profissional disse-me certa vez que “os trabalhos mais bem-sucedidos são os que projectam ilusões envolventes,” daí ser importante atentar até os pequenos detalhes, que farão uma grande diferença no resultado final.


Sem comentários:

Enviar um comentário

comentários!?