23 novembro 2012

O Infante Portugal em Universos Reunidos: Exposição | Exhibit


Parte integrante do 23º AmadoraBD e patente no piso inferior do Fórum Luís de Camões, a retrospectiva O Infante Portugal em Universos Reunidos reuniu 40 autores que colaboraram nesta saga em prosa ilustrada agora concluída, entre os quais o seu autor, José de Matos-Cruz, que foi homenageado pelo festival com os prémios Troféu de Honra (Zé Pacóvio e Grilinho) e Troféu CinemaAnimação, na gala dos Prémios Nacionais de Banda Desenhada.
Estiveram igualmente expostos trabalhos da transição do herói para as lides da arte sequencial, em álbum a editar em 2013. 
Integrated in 23rd AmadoraBD comics festival and held in the Forum Luís de Camões, the retrospective The Infante Portugal in United Universes brought together 40 authors who contributed to this now complete saga in illustrated prose, including its author, José de Matos-Cruz, who was honored by the festival with the prizes Trophy of Honor and CinemaAnimação Award, at the PNBD (National Comics Awards) ceremony.
Also there were artworks related to the hero’s transition to sequential art chores, on the graphic novel to be released in 2013.



Um (misterioso) advento inicia as aventuras do ‘Infante em BD: um fenómeno na estratosfera e subsequente queda de “corpo astral” na foz do Tejo, algures num período anterior à História escrita. Esse momento figura nas pranchas expostas e propiciou o elemento gráfico na sala de entrada, que unia a porção de BD do projecto à da prosa ilustrada, na 2ª sala, como se um cometa tivesse por ali irrompido…

A (mysterious) occurrence starts the comics adventures of the ’Infante: a phenomenon in the stratosphere and subsequent fall of an "astral body" at Tejo’s river mouth, somewhere in a period before written History. That moment is shown in the artwork and provided the lobby’s graphic décor, which united the project’s comics’ portion to the illustrated prose part, in the 2nd room, as if a comet had broken out through there...






Como alguém desde jovem dedicado às Letras, não podia falta um instrumento de escrita na mostra, que visa celebrar as criações do José. Na máquina de escrever estava o rascunho do 1º conto do Infante Portugal, concebido há quase 10 anos!

As someone dedicated to Writting from a young age, a writing instrument had to be featured in the show, which aimed to celebrate José’s creations. In the typewriter there’s a draft of Infante Portugal’s 1st short story, devised almost 10 years ago!












A sala de entrada revelou ao público as 1as pranchas da BD do ‘Infante, assinada por mim, Susana Resende e Daniel Henriques, sob argumento do José. Também nesta porção surgem cameos especiais dos mestres José Garcês e José Ruy, como homenagem aos seus seminais contributos neste universo criativo, e que respectivamente figuram as personagens O Infante Portugal e Condestável Lusitano, concebidos em 2005.
The lobby room revealed the 1st pages of the Infante’s comic, done by myself, Susana Resende and Daniel Henriques, under José's script. There’s also special cameos by comics’ masters José Garcês and José Ruy, as a tribute to their seminal creative contributions for this universe, and that respectively display Infante Portugal and Lusitanian Constable, both designed in 2005.

Também expostas na 1a sala estavam uma série de pinturas bizarras, sobre as quais falarei numa outra altura…
Also featured in the 1st room were a series of bizarre looking paintings, but I’ll address these some other time…


Tal como a entrada visou captar a atenção dos visitantes pelos elementos da máquina de escrever e buraco do cometa, a sala dos fundos contou com um amplo ecrã a projectar os vídeos do projecto: o trailer promocional e diário de produção do vol.3. Outra surpresa foi a criação dos três Signos Perpétuos, fulcrais ao universo do Infante, criados por José Ruy para a personagem Condestável Lusitano: a Ampulheta, a Bussola (na forma de uma referência cardeal) e o Livro Livre, aqui tornado livro de visitas.
As the entrance aimed to capture the visitors attention with the typewriter and the comet hole, the back room featured a large screen projecting the project’s videos: the promotional trailer and vol.3’s daily production. Another surprise was the creation of the three Perpetual Signs, which are pivotal to the Infante’s universe, created by José Ruy for the Lusitanian Constable character: the Hourglass, the Compass (as a North reference) and Livro Livre (i.e. Free Book), here turned guestbook.


Na 2a sala as paredes foram forradas com só algumas ilustrações que os 39 autores nacionais, de diversas áreas e valências, contribuíram para a trilogia. Dada a quantidade de peças criadas ao longo dos anos, que supera a centena de ilustrações, sem contar com esboços e versões alternativas, o desafio foi repetir o destaque de personagens até que todos os colaboradores tivessem pelo menos uma imagem exposta. A repetição destes tentou-se fosse proporcional à extensão das participações.
In the 2nd room the walls were lined with just a few illustrations that the 39 authors, from different areas and valences, contributed to the trilogy. Given the amount of works created over the years, which surpasses one hundred illustrations, not counting sketches and alternative versions, the challenge was to repeat the highlight of characters until all artists had at least one of their images exhibited. The repetition of these was tried to be in proportion to the extension of their participations.







E por último, a minha “fatia” do projecto, que devo ao José, pelo convite e contínuo incentivo, com ilustrações pertinentes ao vol.2 e 3 da saga, onde fui acompanhado por talentosos colegas: a ilustradora/artista plástica Susana Resende e pelo arte-finalista Daniel Henriques.
And finally, my "slice" of the project, which I owe to José for inviting me and for his continuous incentive, with works relevant to vol.2 and 3 of the saga, which was accompanied by my talented colleagues: illustrator/fine-arts artist Susana Resende and inker Daniel Henriques.









Aproveito para agradecer aqui à designer Ana Taipas, que coordenou a complexa exposição, e ao cenógrafo Carlos Reis.
I take this opportunity to thank designer Ana Taipas, who coordinated the complex exhibition, and the set designer Carlos Reis.

Links para outros blogs c/ fotos:


Sem comentários:

Enviar um comentário

comentários!?