09 outubro 2015

26th Amadora BD



O 26º Amadora BD começa em duas semanas e, pelo programa já anunciado, um ano após cumprir 1/4 de século (e lamentavelmente, quase um ano depois da extinção do CNBDI) assegura a sua posição como o mais emblemático evento de banda desenhada do país, apesar do recém-chegado Comic Con Portugal (também com parte das suas atrações divulgadas) e demais festivais que de súbito surgem.
Este ano, tendo como tema “A Criança na BD”, celebra-se o 100º aniversário de Quim e Manecas, as personagens criadas por Stuart de Carvalhais, mas o ecletismo do evento estende-se ainda por exposições dedicadas a Tardi (A Guerra das Trincheiras), Ricardo Cabral (Viagem Desenhada), entre outras.

Há ainda a salientar o regresso de um dos mais bem-sucedidos heróis da BD portuguesa, Jim Del Monaco, por Tozé Simões e Luís Louro, que com o álbum Cemitério dos Elefantes brindam às três décadas de existência deste; e igualmente de parabéns está a nova editora Arte de Autor, estreada com um livro do mestre Milo Manara, intitulado Caravaggio - O Pincel e a Espada - uma excelente notícia para um mercado que, cada vez mais, precisa de edições de apelo ao grande público.

One
year after reaching a quarter of a century (and, unfortunately, almost one year after the termination of CNBDI comics’ center), the 26th Amadora BD festival opens the doors within two weeks and has already announced its program, ensuring its position as the country’s most emblematic comics’ event, despite the "competition" coming from the newly arrived Comic Con Portugal (with also part of their attractions divulged), and other festivals that suddenly arise.
This year, with the theme "Children in Comics", it will mark the 100th anniversary of Quim and Manecas, author Stuart Carvalhais’s famous characters, but with an eclecticism that extends to exhibits dedicated to artists such as Tardi (War of the Trenches), Ricardo Cabral (Drawn Travels), amongst many others.
Also of note is the return of one of Portuguese comics’ most successful heroes, Jim Del Monaco, created by Tozé Simões and Luís Louro, which with The Elephants Graveyard graphic novel pays homage to the series three decades of existence; and also to be congratulated is the arrival of a new publisher, Arte de Autor, that will debut with a Milo Manara book, titled Caravaggio - The Brush and the Sword - all good news for a market sorely needing bigger draws for the general public.